Creio que não existe nada de mais belo, de mais profundo, de mais simpático, de mais viril e de mais perfeito do que o Cristo; e eu digo a mim mesmo, com um amor cioso, que não existe e não pode existir. Mais do que isto: se alguém me provar que o Cristo está fora da verdade e que esta não se acha n'Ele, prefiro ficar com o Cristo a ficar com a verdade. (Dostoievski)

FAÇA COMO EU: VISITE O BLOG DELES, E SIGA-OS TAMBÉM! :)

16 de ago de 2007

Teoria da relatividade

*30ºC ou mais:
Baianos vão à praia, dançam, cantam e comem acarajé.
Cariocas vão à praia e jogam futebol.
Mineiros comem um feijão tropeiro.
Paulistas estão no litoral e enfrentam duas horas de fila nas padarias e supermercados da região.
Curitibanos esgotam os estoques de protetor solar e isotônicos da cidade.
Brasilienses vão caminhar no Parque da Cidade, na Água Mineral, Zoológico ou na 3ª Ponte.

*25ºC:
Baianos não deixam os filhos saírem ao vento após as 17 horas.
Cariocas vão à praia, mas não entram na água.
Mineiros comem um "queijin" na sombra.
Paulistas fazem churrasco nas suas casas do litoral e ainda entram na água.
Curitibanos reclamam do calor e não fazem esforço devido a esgotamento físico.
Brasilienses continuam a caminhar no Parque da Cidade, na Água Mineral, Zoológico ou na 3ª Ponte.

*20ºC:
Baianos mudam os chuveiros para a posição "inverno" e instalam aquecedores em casas e veículos.
Cariocas vestem moletom.
Mineiros bebem pinga perto do fogão a lenha.
Paulistas decidem deixar o litoral, começa o trânsito de volta para casa.
Curitibanos tomam sol no parque.
Brasilienses colocam blusa de frio e carregam guarda-chuva.

*15ºC:
Baianos tremem incontrolavelmente de frio.
Cariocas se reúnem para comer fondue de queijo.
Mineiros continuam bebendo pinga perto do fogão a lenha.
Paulistas ainda estão presos nos congestionamentos na volta do litoral.
Curitibanos ainda dirigem com os vidros abaixados.
Brasilienses usam jaquetas de couro, luvas e toucas de lã achando que estão abalando na moda inverno.

*10ºC:
Decretado estado de calamidade na Bahia.
Cariocas usam sobretudo, cuecas de lã, luvas e toucas.
Mineiros continuam bebendo pinga e colocam mais lenha no fogão.
Paulistas agora estão presos nos congestionamentos na cidade de São Paulo por conta da volta do litoral. Curitibanos botam uma camisa de manga comprida.
Brasilienses continuam na moda inverno e bebem cerveja gelada em grandes festas ao ar livre pra sentir mais frio (muitos já resfriados).

*5ºC:
Bahia entra no armagedon.
César Maia lança a candidatura do Rio para sede das Olimpíadas de Inverno.
Mineiros continuam bebendo pinga e quentão ao lado do fogão a lenha, que já se assemelha a uma fogueira de São João.
Paulistas vão a pizzarias e shopping centers com a família.
Curitibanos fecham as janelas de casa. Putz!
Brasilienses ensandecidos compram todos os esquis de neve contrabandeados na Feira do Paraguai e o governador Arruda (por influência de Paulo Otávio) anuncia a construção de Mega Complexo de Diversão no Gelo ao lado da 3ª ponte.

*0ºC:
Não existe mais vida na Bahia.
No Rio, César Maia veste sete casacos e lança o "snoubórdi in Rio".
Mineiros entram em coma alcoólico ao lado do fogão a lenha.
Paulistas vão para Campos do Jordão e enfrentam duas horas de fila para poderem comer em restaurantes e barzinhos.
Curitibanos fazem um churrasco no pátio... antes que esfrie.
Em Brasília a Construtora Paulo Otávio lança outro mega empreendimento imobiliário na beira do Lago, com pista de patinação no gelo. Feira do Paraguai bate recorde histórico de vendas. Brasilienses vão para a Torre de TV achando que estão em Paris (ôh povin!!!).

Colaboração: Mônica Rabelo

Nenhum comentário:

Marcadores

Comportamento (719) Mídia (678) Web (660) Imagem (642) Brasil (610) Política (501) Reflexão (465) Fotografia (414) Definições (366) Ninguém Merece (362) Polêmica (346) Humor (343) link (324) Literatura (289) Cristianismo (283) Maya (283) Sublime (281) Internacional (276) Blog (253) Religião (214) Estupidez (213) Português (213) Sociedade (197) Arte (196) La vérité est ailleurs (191) Mundo Gospel (181) Pseudodemocracia (177) Língua (176) Imbecilidade (175) Artigo (172) Cotidiano (165) Educação (159) Universidade (157) Opinião (154) Poesia (146) Vídeo (144) Crime (136) Maranhão (124) Livro (123) Vida (121) Ideologia (117) Serviço (117) Ex-piritual (114) Cultura (108) Confessionário (104) Capitalismo (103) (in)Utilidade pública (101) Frases (100) Música (96) História (93) Crianças (88) Amor (84) Lingüística (82) Nojento (82) Justiça (80) Mulher (77) Blábláblá (73) Contentamento (73) Ciência (72) Memória (71) Francês (68) Terça parte (68) Izquerda (66) Eventos (63) Inglês (61) Reportagem (55) Prosa (54) Calendário (51) Geléia Geral (51) Idéias (51) Letras (51) Palavra (50) Leitura (49) Lugares (46) Orkut (46) BsB (44) Pessoas (43) Filosofia (42) Amizade (37) Aula (37) Homens (36) Ecologia (35) Espanhol (35) Cinema (33) Quarta internacional (32) Mudernidade (31) Gospel (30) Semiótica e Semiologia (30) Uema (30) Censura (29) Dies Dominicus (27) Miséria (27) Metalinguagem (26) TV (26) Quadrinhos (25) Sexo (25) Silêncio (24) Tradução (24) Cesta Santa (23) Gente (22) Saúde (22) Viagens (22) Nossa Linda Juventude (21) Saudade (21) Psicologia (18) Superação (18) Palestra (17) Crônica (16) Gracinha (15) Bizarro (14) Casamento (14) Psicanálise (13) Santa Casa de Misericórdia Franciscana (13) Carta (12) Italiano (12) Micos (12) Socialismo (11) Comunismo (10) Maternidade (10) Lêndias da Internet (9) Mimesis (9) Receita (9) Q.I. (8) Retrô (8) Teatro (7) Dããã... (6) Flamengo (6) Internacional Memória (6) Alemão (5) Latim (5) Líbano (5) Tecnologia (5) Caninos (4) Chocolate (4) Eqüinos (3) Reaça (3) Solidão (3) TPM (2) Pregui (1)

Arquivo