Creio que não existe nada de mais belo, de mais profundo, de mais simpático, de mais viril e de mais perfeito do que o Cristo; e eu digo a mim mesmo, com um amor cioso, que não existe e não pode existir. Mais do que isto: se alguém me provar que o Cristo está fora da verdade e que esta não se acha n'Ele, prefiro ficar com o Cristo a ficar com a verdade. (Dostoievski)

FAÇA COMO EU: VISITE O BLOG DELES, E SIGA-OS TAMBÉM! :)

18 de ago de 2007

Aos meus amigos do Blog da Maya

Amigos do Blog,

Ontem não postei... tarde da noite até avaliei a idéia de fazer alguma coisa, mas fui vencida pelo cansaço. Após aproximadamente três meses de greve, os funcionários da rede de Educação do estado do Maranhão tiveram uma vitória inesquecível: a declaração de inconstitucionalidade da Lei do Cão, a 8592/2007, criada e sancionada pelo governador do estado com ajuda da maioria dos deputados da Assembléia Legislativa. O Supremo Tribunal Federal, por 10 votos a um, considerou a Lei inconstitucional.

Mas também tivemos perdas. A professora Luzia Lopes Pinheiro, do ensino médio, estava desparecida desde o dia 14 deste mês, terça-feira. Seu corpo foi encontrado em um local deserto, próximo a uma praia. A hipótese inicial foi de suicídio. Foram encontrados bilhetes da professora nos quais era clara a mensagem de despedida, dirigida aos colegas, alunos, familiares... Depois, levantou-se a hipótese de assassinato. O fato é que essa morte serve de arma para uma briga política entre dois grupos que lutam pelo poder no estado mais pobre do pobre Brasil.

Penso, contudo, que se o governador tivesse ouvido os professores desde o início da greve, se tivesse sido mais humano e menos mesquinho, mais democrático e menos autoritário, mais pacificador e menos arrogante, mais solidário e menos egoísta... talvez a professora Luzia ainda estivesse conosco, independentemente da causa de sua morte. Talvez essa greve, desgastante, não tivesse se arrastado por esses dias de intensa luta.

O que tenho mais a dizer? Talvez nada de relevante diante da morte de uma professora, mãe e esposa, colega, profissional exemplar, lutadora. Ou, quem sabe, a única afirmação que, ao final deste calvário, posso realmente fazer: governador Jackson Lago, o senhor é uma grande decepção. O senhor é uma vergonha. Tenho vergonha de ter votado no senhor, de ter feito campanha para o senhor. Disso muito me arrependo.

Ontem foi o enterro da professora Luzia. Não fui, mas os companheiros da Uema que estiveram lá disseram que poucas vezes tinham visto tanta dor e tristeza. Uma multidão e tristeza.
Nesses três meses de movimento vi companheiros de luta, professores, funcionários técnico-administrativos, estudantes e pais de alunos estressados, angustiados, temerosos, acometidos de estafa, gripes, dores de cabeça, depressão, frustação, indignação. Mas vi em todos eles nascer gigantes. E vi, entre nós, nascer a solidariedade e a fraternidade que surge em horas de luta e dor. Permanecemos firmes, debaixo de sol e de chuva, de manhã até a noite, dia após dia. Vi, durante nossa greve, nossas passeatas pacíficas serem brutalmente atacadas pela polícia militar, a mando do governo. Vi companheiros de luta gemendo de dor, atingidos por balas de borracha, cassetetes. Ao levar uma de nossas estudantes, atingida por uma bala de borracha na perna, a um hospital público estadual, vi também ali o descaso, o abandono, gente se amontoando à espera de atendimento, de medicação. Descaso com a Educação, descaso com a Saúde. Quase um ano de governo e nada.

Em nossas manifestações, senti a fumaça das bombas de gás, lançadas contra nós. No rosto dos companheiros de luta surgia, muitas vezes, o desânimo. Mas permaneceram, incansáveis, dia e noite, nos locais de reunião, nas assembléias, em frente ao portão da Uema, em frente ao Palácio dos Leões, à Assembléia Legislativa. A esses companheiros, que com sua coragem e ousadia nos fizeram continuar sem esmorecer, meus aplausos.

Juca, Zezé, Marcelo, Célia, Gama, Lincoln, Saturnino, Manuel, Dayse, Hugo, Emanuelle, Cristiano, Miguel, Marlen, Socorro, Gusmão, Zulene, Silvana, Haroldo, Paulo, Saulo, Nivaldo, Toyoko, Vanilda, Maria José, Telma, Dinaci, Waldimar, tantos mais (me perdoem, sei que não consigo me lembrar de todos, nominalmente), Marias, Josés, Ribamares, Joões, Manoéis, Marcos, Antônios, Luzias... Minha sincera admiração. Aos companheiros do Sintuema, da Assuema e da Apruema, obrigada! Aos bravos que não arredaram o pé do portão da Uema e do acampamento, em frente ao Palácio dos Leões, minha gratidão.

A Deus, Justo, Solidário, Amigo e Guerreiro, toda a minha adoração.

A VITÓRIA É NOSSA.

Nenhum comentário:

Marcadores

Comportamento (719) Mídia (678) Web (660) Imagem (642) Brasil (610) Política (501) Reflexão (465) Fotografia (414) Definições (366) Ninguém Merece (362) Polêmica (346) Humor (343) link (324) Literatura (289) Cristianismo (283) Maya (283) Sublime (281) Internacional (276) Blog (253) Religião (214) Estupidez (213) Português (213) Sociedade (197) Arte (196) La vérité est ailleurs (191) Mundo Gospel (181) Pseudodemocracia (177) Língua (176) Imbecilidade (175) Artigo (172) Cotidiano (165) Educação (159) Universidade (157) Opinião (154) Poesia (146) Vídeo (144) Crime (136) Maranhão (124) Livro (123) Vida (121) Ideologia (117) Serviço (117) Ex-piritual (114) Cultura (108) Confessionário (104) Capitalismo (103) (in)Utilidade pública (101) Frases (100) Música (96) História (93) Crianças (88) Amor (84) Lingüística (82) Nojento (82) Justiça (80) Mulher (77) Blábláblá (73) Contentamento (73) Ciência (72) Memória (71) Francês (68) Terça parte (68) Izquerda (66) Eventos (63) Inglês (61) Reportagem (55) Prosa (54) Calendário (51) Geléia Geral (51) Idéias (51) Letras (51) Palavra (50) Leitura (49) Lugares (46) Orkut (46) BsB (44) Pessoas (43) Filosofia (42) Amizade (37) Aula (37) Homens (36) Ecologia (35) Espanhol (35) Cinema (33) Quarta internacional (32) Mudernidade (31) Gospel (30) Semiótica e Semiologia (30) Uema (30) Censura (29) Dies Dominicus (27) Miséria (27) Metalinguagem (26) TV (26) Quadrinhos (25) Sexo (25) Silêncio (24) Tradução (24) Cesta Santa (23) Gente (22) Saúde (22) Viagens (22) Nossa Linda Juventude (21) Saudade (21) Psicologia (18) Superação (18) Palestra (17) Crônica (16) Gracinha (15) Bizarro (14) Casamento (14) Psicanálise (13) Santa Casa de Misericórdia Franciscana (13) Carta (12) Italiano (12) Micos (12) Socialismo (11) Comunismo (10) Maternidade (10) Lêndias da Internet (9) Mimesis (9) Receita (9) Q.I. (8) Retrô (8) Teatro (7) Dããã... (6) Flamengo (6) Internacional Memória (6) Alemão (5) Latim (5) Líbano (5) Tecnologia (5) Caninos (4) Chocolate (4) Eqüinos (3) Reaça (3) Solidão (3) TPM (2) Pregui (1)

Arquivo