Creio que não existe nada de mais belo, de mais profundo, de mais simpático, de mais viril e de mais perfeito do que o Cristo; e eu digo a mim mesmo, com um amor cioso, que não existe e não pode existir. Mais do que isto: se alguém me provar que o Cristo está fora da verdade e que esta não se acha n'Ele, prefiro ficar com o Cristo a ficar com a verdade. (Dostoievski)

FAÇA COMO EU: VISITE O BLOG DELES, E SIGA-OS TAMBÉM! :)

28 de nov de 2008

esta é a "libertação" do Maranhão


SÃO LUÍS - Os alunos maranhenses foram reprovados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2008.
.
Além disso, as notas do exame, divulgadas na quinta-feira última, mostram que a rede pública do Maranhão é a quarta pior do Brasil. Nas provas objetivas, neste ano, os estudantes de escolas públicas tiveram desempenho melhor apenas que os amazonenses, piauienses e alagoanos [na foto, o governador Jackson Lago, responsável pelos índices do Maranhão na educação nacional].

Este ano, a rede pública do Maranhão fez 32,56 pontos nas provas objetivas do Enem. Em uma prova escolar qualquer, essa média equivaleria à nota de 3,2. A pontuação obtida pelos alunos maranhenses é inferior à mínima aceitável pelo Ministério da Educação (MEC) para o Enem: 40 pontos.

Os estudantes alagoanos da rede pública obtiveram 31,76 pontos nas provas objetivas do Enem. Os piauienses e amazonenses tiraram médias de 31,81 e 32,55, respectivamente. A maior média entre os alunos da rede pública, pelo segundo ano seguido, ficou com os gaúchos. A nota das provas objetivas dos alunos da rede pública do Rio Grande do Sul no Enem 2008 foi de 42,12 pontos. A segunda maior do Brasil, entre as escolas públicas, é dos brasilienses: 41,11 pontos. Em média, os alunos brasileiros da rede pública conseguiram notas de 37,27 pontos no Enem. Ao todo, 97.013 alunos do ensino médio se inscreveram no Enem 2008 no Maranhão. Destes, 64.564 realizaram as provas.

Queda
O rendimento dos alunos da rede pública maranhense no Enem de 2008 despencou em comparação com as provas do ano passado. As notas desse ano foram 11,67 pontos menores às de 2007. No ano passado, a rede pública maranhense ficou com nota de 44,23 pontos nas provas objetivas.

Além disso, a rede pública do Maranhão que era a oitava pior no ano passado, perdeu quatro posições e agora é novamente a quarta pior do Brasil, repetindo a marca de 2006. Somente para efeito comparativo, entre as quatro piores redes públicas de 2006, apenas Amazonas e Maranhão mantém-se nesse ranking negativo.

O rendimento da rede privada no Estado também caiu. No ano passado, os maranhenses da rede particular conseguiram nota de 54,31 pontos. Em 2008, a nota da rede privada foi de 45,20 pontos. As escolas particulares, no ano passado, eram as terceiras piores do Brasil. Pelas notas do Enem 2008, a rede privada local teve a segunda nota mais baixa do país. A melhor nota das provas objetivas entre os colégios particulares foi para as escolas do Distrito Federal, com 61,9 pontos.

Em todo o Brasil, 4.018.070 estudantes se inscreveram para as provas do Enem. Destes, 2.920.589 prestaram os exames. O exame foi aplicado no dia 31 de agosto. A prova é formada por 63 questões de múltipla escolha interdisciplinares de conhecimentos gerais (do conteúdo do ensino médio) e uma redação. Os estudantes receberão, a partir da próxima semana, pelos Correios, o boletim de desempenho no exame no endereço informado no ato da inscrição.

FONTE: O Estado do MA

***

COLABORAÇÃO: Prof. Lincoln

Nenhum comentário:

Marcadores

Comportamento (719) Mídia (678) Web (660) Imagem (642) Brasil (610) Política (501) Reflexão (465) Fotografia (414) Definições (366) Ninguém Merece (362) Polêmica (346) Humor (343) link (324) Literatura (289) Cristianismo (283) Maya (283) Sublime (281) Internacional (276) Blog (253) Religião (214) Estupidez (213) Português (213) Sociedade (197) Arte (196) La vérité est ailleurs (191) Mundo Gospel (181) Pseudodemocracia (177) Língua (176) Imbecilidade (175) Artigo (172) Cotidiano (165) Educação (159) Universidade (157) Opinião (154) Poesia (146) Vídeo (144) Crime (136) Maranhão (124) Livro (123) Vida (121) Ideologia (117) Serviço (117) Ex-piritual (114) Cultura (108) Confessionário (104) Capitalismo (103) (in)Utilidade pública (101) Frases (100) Música (96) História (93) Crianças (88) Amor (84) Lingüística (82) Nojento (82) Justiça (80) Mulher (77) Blábláblá (73) Contentamento (73) Ciência (72) Memória (71) Francês (68) Terça parte (68) Izquerda (66) Eventos (63) Inglês (61) Reportagem (55) Prosa (54) Calendário (51) Geléia Geral (51) Idéias (51) Letras (51) Palavra (50) Leitura (49) Lugares (46) Orkut (46) BsB (44) Pessoas (43) Filosofia (42) Amizade (37) Aula (37) Homens (36) Ecologia (35) Espanhol (35) Cinema (33) Quarta internacional (32) Mudernidade (31) Gospel (30) Semiótica e Semiologia (30) Uema (30) Censura (29) Dies Dominicus (27) Miséria (27) Metalinguagem (26) TV (26) Quadrinhos (25) Sexo (25) Silêncio (24) Tradução (24) Cesta Santa (23) Gente (22) Saúde (22) Viagens (22) Nossa Linda Juventude (21) Saudade (21) Psicologia (18) Superação (18) Palestra (17) Crônica (16) Gracinha (15) Bizarro (14) Casamento (14) Psicanálise (13) Santa Casa de Misericórdia Franciscana (13) Carta (12) Italiano (12) Micos (12) Socialismo (11) Comunismo (10) Maternidade (10) Lêndias da Internet (9) Mimesis (9) Receita (9) Q.I. (8) Retrô (8) Teatro (7) Dããã... (6) Flamengo (6) Internacional Memória (6) Alemão (5) Latim (5) Líbano (5) Tecnologia (5) Caninos (4) Chocolate (4) Eqüinos (3) Reaça (3) Solidão (3) TPM (2) Pregui (1)

Arquivo