Creio que não existe nada de mais belo, de mais profundo, de mais simpático, de mais viril e de mais perfeito do que o Cristo; e eu digo a mim mesmo, com um amor cioso, que não existe e não pode existir. Mais do que isto: se alguém me provar que o Cristo está fora da verdade e que esta não se acha n'Ele, prefiro ficar com o Cristo a ficar com a verdade. (Dostoievski)

FAÇA COMO EU: VISITE O BLOG DELES, E SIGA-OS TAMBÉM! :)

26 de mai de 2008

por que sou cristã? - III

Sou cristã porque vejo, na vinda de Jesus em carne, em toda a humilhação que sofreu, em sua entrega, voluntária, ao sacrifício, em sua simplicidade e humildade, algo que não consigo ver em nenhuma outra teogonia, em nenhuma outra concepção teológica, nem no Deus proclamado pelos judeus, nem no profeta dos muçulmanos, nem nos deuses hindus e em todos as demais concepções politeístas, nem no budismo, nem no espiritismo: a mais profunda identificação com o ser humano, com seus dramas, sentimentos, contradições, alegrias, satisfações, angústias.
.
Essa aproximação, iniciativa de Deus para chegar à humanidade, é pessoal e coletiva, mas talvez por ser primeiramente pessoal e íntima, dada de modo irrestrito, profundo e de graça, é que o Cristo seja tão singular em meio a divindades, concepções filosóficas, teorias. O Deus Cristo é um humano, também. Sentiu dores humanas, tinha hábitos humanos. Nunca percebi tanta proximidade e identificação com a beleza e a miséria humanas em outras visões espirituais.
.
Isso é algo sublime. É nobre, porque Deus se coloca humildemente a serviço do homem. Ele é também o maior servo, exatamente porque é Deus. Só Deus saberia e poderia ser o servo perfeito. Um deus todo-poderoso que não se desse o serviço por amor seria um tirano, um algoz, um ditador. Mas Ele não se impõe, não humilha, não se sobrepõe - apesar de ser todo-poderoso. Jesus deu sua vida, a ofereceu, e não cobrou nem cobra nada por isso: a quem se aproxima, com sede, há amor em abundância. Não há contrapartida, não há troca, não há mercado nem paga. Àqueles que a Ele se submetem, por vontade própria, Deus os faz mais e mais livres. O que parece ser paradoxo e contradição é o que faz com que quem a Ele se sujeite deseje profundamente a mais completa obediência e submissão, de modo progressivo e incondicional, sem jamais abdicar de sua identidade, de sua condição humana, de sua personalidade. Deus dá ao homem a possibilidade de escolha, em todas as situações. É pela liberdade que Ele nos oferece que nós o conhecemos.
.
Para se fazer conhecer do homem, Deus então se despe, se despoja de sua grandeza, de sua majestade, e vem em corpo humano com todas as mazelas dessa existência carnal: o envelhecimento, a sede, a fome, o sono...
.
Exatamente por se deixar conhecer de modo tão vulnerável, sem honras nem brilhos, como homem, é que o Cristo é o que há de mais nobre, de mais perfeito, magnífico, eterno, atemporal, puro, amoroso, honesto, sincero e digno. Por isso, também, sou cristã.
.
***
.
Mayalu Felix
Niterói, 26/05/2008

Nenhum comentário:

Marcadores

Comportamento (719) Mídia (678) Web (660) Imagem (642) Brasil (610) Política (501) Reflexão (465) Fotografia (414) Definições (366) Ninguém Merece (362) Polêmica (346) Humor (343) link (324) Literatura (289) Cristianismo (283) Maya (283) Sublime (281) Internacional (276) Blog (253) Religião (214) Estupidez (213) Português (213) Sociedade (197) Arte (196) La vérité est ailleurs (191) Mundo Gospel (181) Pseudodemocracia (177) Língua (176) Imbecilidade (175) Artigo (172) Cotidiano (165) Educação (159) Universidade (157) Opinião (154) Poesia (146) Vídeo (144) Crime (136) Maranhão (124) Livro (123) Vida (121) Ideologia (117) Serviço (117) Ex-piritual (114) Cultura (108) Confessionário (104) Capitalismo (103) (in)Utilidade pública (101) Frases (100) Música (96) História (93) Crianças (88) Amor (84) Lingüística (82) Nojento (82) Justiça (80) Mulher (77) Blábláblá (73) Contentamento (73) Ciência (72) Memória (71) Francês (68) Terça parte (68) Izquerda (66) Eventos (63) Inglês (61) Reportagem (55) Prosa (54) Calendário (51) Geléia Geral (51) Idéias (51) Letras (51) Palavra (50) Leitura (49) Lugares (46) Orkut (46) BsB (44) Pessoas (43) Filosofia (42) Amizade (37) Aula (37) Homens (36) Ecologia (35) Espanhol (35) Cinema (33) Quarta internacional (32) Mudernidade (31) Gospel (30) Semiótica e Semiologia (30) Uema (30) Censura (29) Dies Dominicus (27) Miséria (27) Metalinguagem (26) TV (26) Quadrinhos (25) Sexo (25) Silêncio (24) Tradução (24) Cesta Santa (23) Gente (22) Saúde (22) Viagens (22) Nossa Linda Juventude (21) Saudade (21) Psicologia (18) Superação (18) Palestra (17) Crônica (16) Gracinha (15) Bizarro (14) Casamento (14) Psicanálise (13) Santa Casa de Misericórdia Franciscana (13) Carta (12) Italiano (12) Micos (12) Socialismo (11) Comunismo (10) Maternidade (10) Lêndias da Internet (9) Mimesis (9) Receita (9) Q.I. (8) Retrô (8) Teatro (7) Dããã... (6) Flamengo (6) Internacional Memória (6) Alemão (5) Latim (5) Líbano (5) Tecnologia (5) Caninos (4) Chocolate (4) Eqüinos (3) Reaça (3) Solidão (3) TPM (2) Pregui (1)

Arquivo