Creio que não existe nada de mais belo, de mais profundo, de mais simpático, de mais viril e de mais perfeito do que o Cristo; e eu digo a mim mesmo, com um amor cioso, que não existe e não pode existir. Mais do que isto: se alguém me provar que o Cristo está fora da verdade e que esta não se acha n'Ele, prefiro ficar com o Cristo a ficar com a verdade. (Dostoievski)

FAÇA COMO EU: VISITE O BLOG DELES, E SIGA-OS TAMBÉM! :)

26 de nov de 2007

ADIVINHA O QUE É?

FOTOGRAFIA: Mayalu Felix - Alcântara, Maranhão.

O amor é o quê? Dá-se inteiramente, faz sem ser pedido, ama o que não é amável, secretamente deseja o bem ao desafeto. Amor de paixão quer beijar na boca como se fosse a primavera, como se fossem os 15 anos, como se fosse a primeira e a última vez. Amor quer deitar juntinho na grama e olhar o céu de mãos dadas. Amor quer falar besteira, implicar com a bagunça do quarto, fazer comidinha só pro outro comer e ficar feliz. Amor não se importa com barriguinha, amor não quer corpo de modelo. Amor quer olhar apaixonado que atrapalha a respiração. Amor quer pé roçando no pé de noite, na cama, debaixo do edredom. Amor quer cheiro no cangote, que faz cosquinha e arrepia. Amor quer preocupação com o que você come, olha o colesterol, isso você não pode, já tomou o remédio hoje? Amor quer café fresquinho pra ver o final da tarde junto. Amor quer rir junto vendo filme antigo, ou recente, ou qualquer filme, o melhor é estar junto, não é o filme. Amor quer dengo, quer café na cama, quer tomar banho juntinho, esfregar as costas, lavar os cabelos. Amor quer ler poesias para o outro com voz de sereia, e se o outro dormir... ai, eu estou lendo pra você, acorda! Amor quer fazer amor com carinho uns dias, em outros quer entrar no cio. Amor quer tudo e nada. Amor quer amar, e chora quando pensa que o amado é tão lindo, e que ele é cheio de defeitos adoráveis, que combinam com os seus, ai será que ele acha meus defeitos adoráveis? Ai, será que ele me ama? Ai, você hoje está diferente. Olha, vamos discutir a relação, tô sentindo um clima estranho. Amor sabe que se for viver junto vai brigar, encher o saco, vai virar meio que "irmão", mas amor quer fazer compra de mercearia junto, quer lavar louça junto e fofocar sobre os problemas da família. Amor quer tudo, quer filhinho na barriga, quer filhinho chutando e mexendo, e o outro ouvindo e amando ouvir. Amor quer planos, mesmo sabendo que a morte chega um dia, essa indesejada das gentes. Indesejada dos que amam... Amor quer... Amor ama, amor curte solidão a dois, amor quer encher a casa de bichos e plantas, e o outro amor não quer, mas por que? Amor quer andar de mãos dadas, coisa besta, mas quando as mãos se tocam o corpo recebe uma descarga elétrica fatal, vai direto pro coração e acelera os batimentos! O Ministério da Saúde adverte: Amar faz bem à saúde. Amor é ungüento, amor é bálsamo, amor é aprendizagem. Amor é olhar pro lado, pro outro. Amor não cabe nessas linhas. Amor não cabe neste Blog. Cabe no colchão de amar, mas não neste Blog.

***
Mayalu Felix
26 de novembro de 2007!
Hoje!
São Luis, França Equinocial.

5 comentários:

Alice disse...

Oi Maya !! que lindo e amoroso texto !!... amar é mesmo bom , até amar de longe é bom... e antes sofrer por amor do que por ódio não é ?!!.... mil bjus pra vc ( passa lá no pais do pensamento e ve a cara nova que a Marcia fez !!)

José Roberto Braz disse...

Lindo!
O amor é tudo isso sim.

Acho que o amor aqui descrito é tão possível quanto o ar que respiramos.

Mas, saindo do plano "espiritual" e racionalizando...

Um amor como esse, não é só sentimento. É atitude!

Penso que qualquer um pode "aprender" a amar assim, desde que, alguém ensine.

É uma pena que no mundo contemporâneo, ninguém sabe como fazê-lo!


Beijos
Maya

Maya disse...

Oi, Alice! É sempre um prazer ler seus coments! Já tinha dado uma olhada no novo look lá no blog da mama, mas vou espiar lá no seu cyberespaço! Obrigada por ter gostado, é um texto macio...

Bjos,

Maya

____________

José Roberto,

Concordo com você, o amor pode sair do plano "ideal" e virar uma coisa assim, meio louca... Haja endorfinas e outros hormônios variados, além de doses maciças de Graça!

Bjos,

Maya

LÍVIA ALMEIDA disse...

Sempre passo por aqui, mas é a primeira vez que estou comentando.
Sim, amei o texto.Lindo, lindo e lindo.
Concordo plenamente com tudo que o texto expressa.
Posso colocar no meu orkut??
Ah! amo demais essa música.Um amor puro(Djavan).
Concluindo adoro vim aqui.
Eu fui sua aluna no 3° período de Pedagogia-UEMA.
Desde já, obrigada.
Boa noite!!!!

Maya disse...

Oi, Lívia!

Obrigada pelos elogios ao texto! Sim, pode colocar no seu Orkut (você não está na minha lista de amigos, no meu perfil no Orkut?), só não se esqueça de citar a fonte, OK? Eu também acho linda demais essa música do Djavan. Obrigada por vir sempre aqui. Pode comentar sempre também, amo os comentários. Fique à vontade!

Um abraço,

Maya

: )

Marcadores

Comportamento (719) Mídia (678) Web (660) Imagem (642) Brasil (610) Política (501) Reflexão (465) Fotografia (414) Definições (366) Ninguém Merece (362) Polêmica (346) Humor (343) link (324) Literatura (289) Cristianismo (283) Maya (283) Sublime (281) Internacional (276) Blog (253) Religião (214) Estupidez (213) Português (213) Sociedade (197) Arte (196) La vérité est ailleurs (191) Mundo Gospel (181) Pseudodemocracia (177) Língua (176) Imbecilidade (175) Artigo (172) Cotidiano (165) Educação (159) Universidade (157) Opinião (154) Poesia (146) Vídeo (144) Crime (136) Maranhão (124) Livro (123) Vida (121) Ideologia (117) Serviço (117) Ex-piritual (114) Cultura (108) Confessionário (104) Capitalismo (103) (in)Utilidade pública (101) Frases (100) Música (96) História (93) Crianças (88) Amor (84) Lingüística (82) Nojento (82) Justiça (80) Mulher (77) Blábláblá (73) Contentamento (73) Ciência (72) Memória (71) Francês (68) Terça parte (68) Izquerda (66) Eventos (63) Inglês (61) Reportagem (55) Prosa (54) Calendário (51) Geléia Geral (51) Idéias (51) Letras (51) Palavra (50) Leitura (49) Lugares (46) Orkut (46) BsB (44) Pessoas (43) Filosofia (42) Amizade (37) Aula (37) Homens (36) Ecologia (35) Espanhol (35) Cinema (33) Quarta internacional (32) Mudernidade (31) Gospel (30) Semiótica e Semiologia (30) Uema (30) Censura (29) Dies Dominicus (27) Miséria (27) Metalinguagem (26) TV (26) Quadrinhos (25) Sexo (25) Silêncio (24) Tradução (24) Cesta Santa (23) Gente (22) Saúde (22) Viagens (22) Nossa Linda Juventude (21) Saudade (21) Psicologia (18) Superação (18) Palestra (17) Crônica (16) Gracinha (15) Bizarro (14) Casamento (14) Psicanálise (13) Santa Casa de Misericórdia Franciscana (13) Carta (12) Italiano (12) Micos (12) Socialismo (11) Comunismo (10) Maternidade (10) Lêndias da Internet (9) Mimesis (9) Receita (9) Q.I. (8) Retrô (8) Teatro (7) Dããã... (6) Flamengo (6) Internacional Memória (6) Alemão (5) Latim (5) Líbano (5) Tecnologia (5) Caninos (4) Chocolate (4) Eqüinos (3) Reaça (3) Solidão (3) TPM (2) Pregui (1)

Arquivo