Creio que não existe nada de mais belo, de mais profundo, de mais simpático, de mais viril e de mais perfeito do que o Cristo; e eu digo a mim mesmo, com um amor cioso, que não existe e não pode existir. Mais do que isto: se alguém me provar que o Cristo está fora da verdade e que esta não se acha n'Ele, prefiro ficar com o Cristo a ficar com a verdade. (Dostoievski)

FAÇA COMO EU: VISITE O BLOG DELES, E SIGA-OS TAMBÉM! :)

18 de dez de 2009

o cristianismo dos sem noção






O cristianismo dos sem noção

Há blogs que se intitulam “cristãos” e fazem de tudo para provar que são qualquer coisa, menos cristãos. A tônica é o deboche. Escarnecem de tudo, de todos, e dizem estar fazendo um “serviço” a Deus. São os “adevogados” de Deus, jamais suas testemunhas. Protegem apenas seus amigos, aqueles a quem Jesus se refere dizendo não ser mérito algum amar. Aliás, protegem seus amigos mesmo quando eles estão visivelmente equivocados: esses donos de blogs não possuem firmeza moral alguma, apenas o desejo de atacar os que não pensam exatamente como eles.

Em mau e torto português (porque também maltratam a língua, com erros toscos de ortografia, regência e concordância) desfilam seus ódios, seu inconformismo barato, sua falta de princípios, de ética, de retidão. Não sabem fazer uma crítica: apenas ofendem. Os despidos de senso crítico acham que ali se encontra grande capacidade de discernimento, mas eles apenas macaqueiam piadas antigas, escrevem chistes reciclados e frases mal construídas.

Exatamente por não saberem a diferença entre a crítica e a ofensa, ofendem-se com a boa crítica. Exatamente porque não lhes ocorre um bom raciocínio, não compreendem que há uma boa distância entre a ofensa, pura e simples, e a crítica embasada, estruturada, inteligente, que não somente acusa, mas faz, mesmo com o uso da ironia, compreender seu objeto. Que não somente explica onde está o erro, mas aponta caminhos para que ocorra o acerto.

Chamaria esses blogueiros de cegos? De modo algum. Cegos, em geral, ouvem bem, sabem falar e possuem tirocínio suficiente para livrar-se de constrangimentos e embaraços decorrentes da falta de entendimento. Talvez devesse chamá-los de deficientes morais e intelectuais. Nada há – por trás da piada muitas vezes repetida, da ofensa vulgar e da falta de educação – além da ausência de bom caráter, de princípios e de honradez.

O mais lamentável é que esses homens, viciados em sua própria vaidade, não percebem e não querem perceber que o humor refinado – esse dos ingleses, diriam – é também intelectualmente palatável, não resvalando na estupidez óbvia de suas “piadas” e na vulgaridade de suas palavras. O que também é triste, em absoluto, é o fato de que esses homenzinhos – possivelmente marmanjos barbados já beirando os 50 anos, mas eternamente de bermudas – não entendem que uma boa crítica, bem escrita e respeitosa, tem mais efeito que cem de suas piadas de mau gosto, infantis e, como eu já ouvi, “sem noção”. Aliás, a expressão “sem noção” é a que melhor lhes cabe, dada a sua insipidez intelectual, sua frouxidão moral e sua eterna adolescência tardia.


A crítica inteligente deve ser feita. A ofensa vulgar, jamais.





39 comentários:

Davi disse...

Vou tentar ser assim como descreveu, sempre que resolver expor meu ponto de vista.

Obrigado pela admoestação

Rafael Kafka disse...

É triste e lamentável, meu anjo, mas a vaidade chegou a esse extremo.

Maya Felix disse...

Prezado Davi,

De nada! :)

Obrigada por sua visita, seja bem vindo!

Um abraço,

Maya

Maya Felix disse...

Caro Rafael,

É... O negócio está cada vez mais difícil... Vamos vigiar, né?

Um abraço,

Maya

Joelson Gomes disse...

Maya, parabens pelo artigo. Eu já pensei o mesmo que vc. Tem blog que vc visita que todos os posts são só essa coisa aí. Eu até quase enveredei por esse caminho da critica pela critica, mas graças a Deus vejo que não tem futuro. Quero anunciar um cristiaismo equilibrado, informar, divetir com meu blog.

Obg por vc ser uma das indicadoras do mesmo, como faço com o seu com prazer. Ah, não pense que esqueci do que prometi a vc em termos de musica.Papai Noel vai chegar , rsrs.

Deus te abençoe sempre,

Joelson Gomes
http://gracaplena.blogspot.com

Laudicéia Mendes disse...

MAYA,se me permite assino em baixo!
Você exprimiu meus pensamentos quanto a estas "aberrações" travestidas de "blogs apologéticos",que não fazem mais que distorcer,esvaziar, o significado da verdadeira apologia bíblica.
Os termos que você usou não poderiam ser mais precisos,e adequados ao perfil desses pernósticos, pseudo-intelectuais.
Me parece mais uma reedição "gospel" do *pânico na tv*,que pra mim não é mais do que um tributo ao bizarro e à vulgaridade.
Quando entrei na blogosfera me escandalizei do uso tão equivocado que muitos evangélicos estão fazendo deste espaço tão importante,o que vi foi uma exposição negativa, uma representação medíocre.
Sobre minhas primeiras impressões escrevi o artigo "PEDANTISMO TEOLÓGICO" no meu blog.
Parabéns pela coragem de confrontar o erro, mesmo os mais aplaudidos.
Bjs,
Laudicéia Mendes

Josué Pereira de Souza disse...

Diléta e querida, Maya,


é...,quanta ideia, eu diria que no final tudo é vaidade...,

tempodagraa.blogspot.com

Obrigado pela atenção despensada...,

Abraço.

Maya Felix disse...

Querido irmão Joelson,

Obrigada por sua visita e por seu comentário! :) Fico feliz que vc pense como eu (e como tantos outros). O que parece, aos olhos de muitos, sedutor e libertário, não passa de grosseria e sentimento de superioridade travestidos de "humor".

Um abraço, e obrigada pelo presente (também não me esqueci...)

Maya

:)

Maya Felix disse...

Prezada Laudicéia,

Obrigada por sua visita! Sempre bem-vinda! Pois, se eu traduzi seus pensamentos, vc traduziu os meus em seu bom comentário...

Distorções, acusações, arrogância: é isso que esses blogs nos oferecem.

Um abraço, venha sempre por aqui.

Maya

:)

Maya Felix disse...

Prezado Josué,

Obrigada por seu comentário... Sim, acho que no final das contas é tudo vaidade.

Um abraço,

Maya

:)

José Márcio disse...

Acho que a globalização facilitou o acesso a informática e como consequência às redes sociais. Isso propiciou a adesão de pessoas do bem, que conseguem nos transmitir conteúdos bem relevantes. Mas na contra-mão da história, vemos que pessoas sem o mínimo preparo também se acham no direito de opinar sobre os mais diversos assuntos, sem ao menos se darem ao trabalho de conhecer aquilo que falam. É o preço que pagamos pela liberdade de expressão, que infelizmente muitos não estão preparados para usar.

Anônimo disse...

Olá, Maya.
Concordo com você, acho que devemos usar melhor este espaço que Deus nos dá, é melhor falar do que Deus faz por seu povo do que ficar o dia todo fuçando a internet buscando encontrar algum erro de alguém pra atrair mais pessoas pra visitar um blog. Discordo um pouco na questão dos erros ortográficos, porque nem todos tiveram a oportunidade que você teve de estudar e até mesmo ser professora universitária, e sei que tudo isso foi por seu esforço e capacidade. Além de a lígua portuguesa ser complicada em suas regras e até chata as vezes, existem pessoas que tiveram poucas oportunidades de estudar na escola mas que são bons críticos, sem defender nada nem ninguém, apenas a fé Bíblica, então, essa questão não pode ser generalisada a todos que fazem uma boa crítica. E pra quem começa a escrever em blog, resta começar lendo pelo menos uma boa gramática, assim pode melhorar essa questão. Mas no restante assino tudo o que você fala.
Eu ja tive um blog, deixei de edita-lo porque me faltou tempo, e eu também estava bem insatisfeita com todo o rumo que os blogs tomaram, ao tempo que foram crescendo o número de blogs, foi crescendo a infantilidade de muitos, assim tirei meu cadastro até mesmo no blogger.
Parabéns, e a Paz do Senhor!

Rute Barbosa - SP

Anônimo disse...

Olá, Maya.
Concordo com você, acho que devemos usar melhor este espaço que Deus nos dá, é melhor falar do que Deus faz por seu povo do que ficar o dia todo fuçando a internet buscando encontrar algum erro de alguém pra atrair mais pessoas pra visitar um blog. Discordo um pouco na questão dos erros ortográficos, porque nem todos tiveram a oportunidade que você teve de estudar e até mesmo ser professora universitária, e sei que tudo isso foi por seu esforço e capacidade. Além de a lígua portuguesa ser complicada em suas regras e até chata as vezes, existem pessoas que tiveram poucas oportunidades de estudar na escola mas que são bons críticos, sem defender nada nem ninguém, apenas a fé Bíblica, então, essa questão não pode ser generalisada a todos que fazem uma boa crítica. E pra quem começa a escrever em blog, resta começar lendo pelo menos uma boa gramática, assim pode melhorar essa questão. Mas no restante assino tudo o que você fala.
Eu ja tive um blog, deixei de edita-lo porque me faltou tempo, e eu também estava bem insatisfeita com todo o rumo que os blogs tomaram, ao tempo que foram crescendo o número de blogs, foi crescendo a infantilidade de muitos, assim tirei meu cadastro até mesmo no blogger.
Parabéns, e a Paz do Senhor!

Rute Barbosa - SP

Raquel disse...

Querida Maya, você foi muito feliz em seu texto. Estou cansada de ver esse tipo de coisa. Essas pessoas fizeram escola de 'teologia' pra aprender, mas parece que não aprenderam nada! Nós como cristãos não devemos perder nosso tempo, com apologias, devemos pregar o evangelho puro e simples. Levar vida aos mortos.
Deus te abençoe querida!!!

Maya Felix disse...

Prezado José Márcio,

É verdade, na maioria das vezes não há preparo algum, e aí ficam no achismo... "Eu acho que a Igreja..." e por aí vai... E de achismo em achismo eles fazem sua fama...

Obrigada por seu comentário, seja sempre bem-vindo!

Maya

:)

Maya Felix disse...

Prezada Rute,

Vejo que concordamos no mais importante. A questão dos erros gramaticais, veja, não é fundamental para mim. O que me irrita é a arrogâncioa desses "blogueiros", que se acham grande coisa e chegam até mesmo a humilhar os outros e, no final das contas, são pouco instruídos. Outro dia, um deles escreveu no Twitter que meus seguidores eram ignorantes, que mal liam, algo assim . Então digo isso para que saibam que há pessoas mais preparadas do que eles (assim como sei que há pessoas mais preparadas do que eu). Que retenham suas línguas na hora de se gabar de algo.

Um abraço, querida, visite sempre meu blog, seja bem-vinda!

Maya
:)

Anônimo disse...

Tenho a impressão que se você fosse ao aerópago não converteria ninguem, se fosse a Samaria, por lá passaria de dedos no nariz, se fosse ao mercado, não se sentaria com publicanos e passando pelas praias da Galileia escolheria os centuriões e os fariseus para te ajudar a pescar almas, não os pecadores.

Ser simples, engraçado e compreendido demanda mais inteligência e talento do que ser ácida, rancorosa, preconceituosa e aparentemente culta.

Vai nesta. Depois converse mais com Aquele que fez escolhas loucas e populares neste mundo para que a Verdade chegasse a você.

Jorge Tadeu

Maya Felix disse...

Jorge Tadeu,

É mesmo? Nossa, e em quê vc baseia sua opinião? Vc me conhece? Conhece a minha vida? Sabe quem eu sou? Já leu mais coisas minhas? Sabe por que eu escrevi o texto? Então se informe.

Veja, sou democrática, postei seu comentário agressivo, mesmo sabendo que nem mesmo "Jorge Tadeu" vc se chama.

Da próxima vez, veja o que eu faço em minha vida antes de me julgar. Se vc me diz que eu "não faria isso e aquilo", acredite, muito menos vc, com seu dedo em riste.

Maya

:)

Maya Felix disse...

Querida Raquel,

Obrigada! Que alegria, ler comentários como os seus! São revigorantes e me encorajam a continuar!

Um abraço,

Maya

:)

Danilo Miguel disse...

Parabéns! Parabéns! Parabéns!

Apesar de causar-me estranheza o fato de ver em seu blog algumas matérias veiculadas naqueles que são alvo de seu texto (certamente o são), faço minhas as suas palavras. Perfeito!

Há tempos tenho percebido, e denunciado, esse falso cristianismo ou, pior, apologismo (à quê?) que se tem pregado em alguns blogs. Já publiquei em meu blog uma "Carta Aberta aos Editores Apologéticos", externando minha repulsa e indignação quanto a estes. Sempre é bom alertar e exortar - ainda que isso nem ao menos esbarre na falta de pudor e descompromisso destes.

Façamos nossa parte! Certamente o tema "Ética nos blogs" (ou algo parecido) será tratado no Encontro dos Editores de Blogs Apologéticos (www.editoresapologeticos.com).

Mais uma vez, parabéns por seu excelente artigo. O Senhor seja contigo!

Danilo Miguel
www.semforma.com

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamada Irmã Maya Felix,

A paz do Senhor!

Acredito, e muito, que devemos atender ao correto, ao expôr situaçõas, à muitos dos participantes da internet, principalmente, quando, infelizmente não há uma plena responsabilidade conceitual e de caráter, mesclando a sensatez e a coerência necessária à realização de uma correta apologia.

A dita correta apologia, pelo menos, estão nos blogs que discorrem seus pensamentos naturalmente, como se estivessem procriando, células saudáveis, ao corpo da igreja em aparente coordenação com o Evangelho de Verdade.

Infelizmente, existe um pequeno retrocesso concebido por vária linhas de trabalho que induz à zombaria e a extrovertida sensação de "bem realizado".

Vivemos os últimos dias do Final dos Tempos, e devemos como exemplo, sugerir mais consistência de forma simples e natural às definições, sobre o que verdadeiramente agride, aos que desejam se encontrar com o melhor do ensino bíblico.

O Senhor seja contigo!

pr. Newton Carpintero

Maya Felix disse...

Prezado Danilo Miguel,

Obrigada por suas palavras! Deus o abençoe, vejo que muitos não concordam com a palhaçada que ultimamente chamam de "defesa do Evangelho".

Estamos juntos nessa.

Um abraço,

Maya

:)

Maya Felix disse...

Prezado Pr. Newton,

Obrigada por sua postagem! Creio que algumas críticas não deixam de estar corretas, o problema é a maneira como elas são feitas: desrespeitosamente, sem qualquer amor.

Um abraço, seja sempre bem-vindo.

Maya

Anônimo disse...

Hoje está muito dificil,maus exemplos,falta de conhecimento em Deus,facilidades de abrir igrejas,o própio povo coloca homens em pedestais como,pregadores,cantores...,e muitos aproveitam dessas faltas para se promover também,entendo nós,parte do corpo de Cristo,orar por esses(membros do corpo) que estão enfermos sejá curado.Também não creio que criticas,zombarias pode mudar alguem,na biblia vemos vários exemplos disso,o povo estava sempre se apostatando,Deus corrigia primeiros eles,depois os que zombava e aproveitavam da situação.Infelizmente ou felizmente,esses são sinais do fim,aquele que é sujo,suje-se. mais ainda,aquele que é limpo,limpe-se mais ainda,Deus conhece quem são seus.Deus abençoe Maya,voçê está fazendo sua parte.saulo

REV. PAULO SERGIO DA SILVA disse...

APDSJ Maya! Twitter blz!!! Desculpe a demora, é que estiver "enrolado" com a mudança para Barretos... Agora tudo blz! Deus te abençoe, ótimo final de semana!

Sacha disse...

Olá Maya. Sua crítica faz sentido. Obrigado por postá-la.

Realmente, existe um deboche generalizado na dita "blogsfera cristã". Gente que confunde estar NO mundo com ser DO mundo. É o pessoal do "liberô geral": http://a-niveld.blogspot.com/2009/12/o-pessoal-do-libero-geral.html

Concordo com você que a forma pode comprometer o conteúdo. Aliás, esse parece ser um dos alertas de Paulo a Tito... "Em tudo seja você mesmo um exemplo para eles, fazendo boas obras. Em seu ensino, mostre integridade e seriedade; use linguagem sadia, contra qual nada se possa dizer, para que aqueles que se opõem a você fiquem envergonhados por não poderem falar mal de vós." (Tito 2.7, 8)

Enfim, cabe a nós a boa linguagem. Precisamos aprender a criticar com a verdade. E como você mesmo apontou, isso é diferente de ofender.

Também é nossa responsabilidade cristã evitar a "fofoca"... (maledicência), que é comunicar qualquer informação de alguém cujo problema eu não faça parte e cuja solução eu não possa ajudar.

Enfim... cabe a nós sermos bíblicos... "Ao servo do Senhor não convém brigar mas, sim, ser amável para com todos, apto para ensinar, paciente. Deve corrigir com mansidão os que se lhe opõem, na esperança de que Deus lhes conceda o arrependimento, levando-os ao conhecimento da verdade..." (2 Tm 2.24, 25)

Espero e oro para que a Igreja Brasileira cresça vivendo a vida de acordo com a Bíblia e não de acordo com o intestino!

Deus abençoe,

Sacha

Matias Borba disse...

Qierida amiga Maya,
Graça e Paz!

Assino seu texto!

Para mim, apologia partidarísta não tem nada com o Evangelho Santo, apologia onde se tenta manipular Deus, inpondo um pensamento autoritárista e ufanista não tem nada com a defesa de que Paulo fazia do Evangelho.

É preciso perceber, ver quando estamos errados e voltarmos ao caminho do primeiro propósito de um blog verdadeiramenre apologético, a defesa apenas do Evangelho.

Se deixarmos de lado o ato de defendermos as instituições como se fosse a essência do Evangelho, o partidarísmo farisáico e voltarmos a simplicidade, certamente teremos êxito no que fizermos por aqui.

Um abraço, continuo achando que seu blog é um dos melhores entre os poucos que são de fato melhores, falo de qualidade.
Deus te abençoe!

Em Cristo,
Matias Borba!

Maya Felix disse...

Prezado Saulo,

Obrigada por seu comentário! O maior problema que eu vejo é algumas pessoas fazerem da crítica aos "negociantes" evangélicos o seu grande negócio...

Um abraço, venha sempre nos visitar e comentar...

Maya

:)

Maya Felix disse...

Rev. Paulo Sérgio,

Obrigada pela informação! :)

Também estou no Twitter!

Maya Felix disse...

Prezado Sacha,

Muito obrigada por seu comentário! Visitei seu blog e gostei tanto de seu texto que acabei de postá-lo aqui no Blog!

:))

Um abraço

Maya

Maya Felix disse...

Querido Matias,

Estava com saudades! Há quanto tempo! :) Obrigada pelo elogio, também aprecio sua busca pela verdade. Vamos aprender, sempre, o que Deus tem a nos ensinar. Ninguém está livre do erro, mas poucos se dispõem a aprender...

:))

Um abraço, meu querido amigo e irmão!

Maya

Raquel disse...

Só esqueci de dizer que: Os erros de português realmente nem são tão importantes assim. Infelizmente isso se tornou uma vergonha. Não acho que um ímpio venha se converter lendo esses conteúdos. Evangelho = simplicidade.

Maya Felix disse...

Prezada Raquel,

Olá, obrigada por novamente comentar aqui no Blog. Não entendi muito bem a sua postagem. De qualquer modo, saiba que receber um comentário seu é um prazer. Quanto à conversão de ímpios, gostaria que soubesse que não só o meu, mas muitos outros blogs discutem questões relativas a opiniões, modus operandi etc. O que faz um ímpio se converter ou não não é a minha opinião, muito menos a sua: é a ação única do Espírito de Deus. Aceito sua postagem, respeito sua opinião, mas tenho minhas ideias, tenho minhas convicções, e sinto-me à vontade, diante de Deus e dos homens, para publicá-las. Quanto ao Evangelho, ele é certamente simples, mas é também amoroso, e correto.

Um abraço, vc é sempre bem-vinda por aqui.

Maya

:)

Raquel disse...

O que eu quis dizer foi que os conteúdos desses blogs "apologéticos" não mudam em nada a vida das pessoas. Eles querem chamar a atenção com assuntos mirabolantes e não chegam a ponto nenhum.

Anônimo disse...

eu como um não cristão, não vi motivo nenhum para me achegar a Deus. que coisa! vcs só sabem falar mal um do outro. prefiro ficar do jeito que to mesmo.

Maya Felix disse...

Querida Raquel,

Nisso concordamos. Esse pessoal que faz esses blogs "apologéticos" com "humor" acha que está fazendo algo relevante para Deus, mas na maioria das vezes erra feio, vai contra a Bíblia, não sabe ser manso, ter doçura, amor, exortar como é necessário; enfim, não age como Jesus.

Um abraço, volte sempre.

Maya

:)

Maya Felix disse...

Prezado Anônimo,

Ok, vc tem a escolha. Se quer ficar do jeito que está, não será o primeiro. Nenhum cristão é perfeito, mas Jesus é. Leia a Bíblia, já que vem ao meu blog ler os posts e enviar comentários.

Um abraço,

Maya

amigodcristo disse...

Olá Maya, graça e paz seja contigo!
Quero agradecer a irmã querida em Cristo, por ter visitado meu blog, e por ter seguido,e gostaria de aproveitar a oportunidade, para fazer um convite, a ter sua preciosa opinião em uma temática
Que vem se alastrando em uma forma de câncer, dentro de um conceito malicioso,
E maligno dentro da blogsphera Cristã nacional, que tem um tema Irmão falando mal de Irmão, gostaria muito de ter sua opinião ou até mesmo sua critica após a leitura do texto no blog Amigo de Cristo.
Graça e paz sejam contigo e família.
Cordialmente Amigo de Cristo.

Maya Felix disse...

Caro Amigo,

Obrigada por sua postagem. Concordo que às vezes as coisas esquentam, na blogosfera cristã. Muitas vezes é difícil controlar os ânimos, e falo em primeiro lugar por mim.

Entretanto, uma coisa é uma discussão acirrada, na qual os ânimos se exaltam, e outra é o ataque sistemático, frequente e organizado a igrejas, pastores, blogs cristãos, pessoas que não rezam pela cartilha do que ataca, como faz o Danilo Fernandes, do Genizah.

Lamento que em meu blog as coisas tenham assumido a proporção que tomaram, mas a um dado momento senti a necessidade de responder às baixarias e às agressões de Danilo Fernandes, Leonardo Gonçalves e sua corja.

Vou a seu blog ler o texto.

Um abraço,

Maya

Marcadores

Comportamento (719) Mídia (678) Web (660) Imagem (642) Brasil (610) Política (501) Reflexão (465) Fotografia (414) Definições (366) Ninguém Merece (362) Polêmica (346) Humor (343) link (324) Literatura (289) Cristianismo (283) Maya (283) Sublime (281) Internacional (276) Blog (253) Religião (214) Estupidez (213) Português (213) Sociedade (197) Arte (196) La vérité est ailleurs (191) Mundo Gospel (181) Pseudodemocracia (177) Língua (176) Imbecilidade (175) Artigo (172) Cotidiano (165) Educação (159) Universidade (157) Opinião (154) Poesia (146) Vídeo (144) Crime (136) Maranhão (124) Livro (123) Vida (121) Ideologia (117) Serviço (117) Ex-piritual (114) Cultura (108) Confessionário (104) Capitalismo (103) (in)Utilidade pública (101) Frases (100) Música (96) História (93) Crianças (88) Amor (84) Lingüística (82) Nojento (82) Justiça (80) Mulher (77) Blábláblá (73) Contentamento (73) Ciência (72) Memória (71) Francês (68) Terça parte (68) Izquerda (66) Eventos (63) Inglês (61) Reportagem (55) Prosa (54) Calendário (51) Geléia Geral (51) Idéias (51) Letras (51) Palavra (50) Leitura (49) Lugares (46) Orkut (46) BsB (44) Pessoas (43) Filosofia (42) Amizade (37) Aula (37) Homens (36) Ecologia (35) Espanhol (35) Cinema (33) Quarta internacional (32) Mudernidade (31) Gospel (30) Semiótica e Semiologia (30) Uema (30) Censura (29) Dies Dominicus (27) Miséria (27) Metalinguagem (26) TV (26) Quadrinhos (25) Sexo (25) Silêncio (24) Tradução (24) Cesta Santa (23) Gente (22) Saúde (22) Viagens (22) Nossa Linda Juventude (21) Saudade (21) Psicologia (18) Superação (18) Palestra (17) Crônica (16) Gracinha (15) Bizarro (14) Casamento (14) Psicanálise (13) Santa Casa de Misericórdia Franciscana (13) Carta (12) Italiano (12) Micos (12) Socialismo (11) Comunismo (10) Maternidade (10) Lêndias da Internet (9) Mimesis (9) Receita (9) Q.I. (8) Retrô (8) Teatro (7) Dããã... (6) Flamengo (6) Internacional Memória (6) Alemão (5) Latim (5) Líbano (5) Tecnologia (5) Caninos (4) Chocolate (4) Eqüinos (3) Reaça (3) Solidão (3) TPM (2) Pregui (1)

Arquivo