Creio que não existe nada de mais belo, de mais profundo, de mais simpático, de mais viril e de mais perfeito do que o Cristo; e eu digo a mim mesmo, com um amor cioso, que não existe e não pode existir. Mais do que isto: se alguém me provar que o Cristo está fora da verdade e que esta não se acha n'Ele, prefiro ficar com o Cristo a ficar com a verdade. (Dostoievski)

FAÇA COMO EU: VISITE O BLOG DELES, E SIGA-OS TAMBÉM! :)

12 de jul de 2009

a unção de john lennon, ou: o espírito de john está aqui, operando em nossos corações...

Hoje eu preguei pela manhã na Catedral Presbiteriana do Rio, e, à noite, no Caminho, em Brasília. Fui para a reunião no Caminho com quatro mensagens pulando dentro de mim, mas nenhuma se fixando. Tomei a palavra, apresentei duas crianças a Deus, a pedido dos pais; e apresentei a Maria Helena, minha amiga e irmã do Café com Graça, e que está em Brasília internada para sério tratamento de saúde. Então lemos juntos os 20 artigos do texto “o Reino é Simples”, e que está aqui no site. Eu havia pedido ao André Barcelos para tocar “Imagine”, de John Lennon. Acabamos a leitura e oramos. De repente um texto de Apocalipse 21. “Nela não vi nenhum santuário”. Então perguntei se eles sabiam cantar o Imagine. Tentamos. Não íamos bem. De súbito aparece um pastor que freqüenta o Caminho, e com ele mais dois, e, os três, assumiram os microfones e mandaram ver. O povo cantou junto com muita alegria. A seguir eu mostrei como aquela letra era completamente compatível com o sonho da Nova Jerusalém. E daí fui embora..., mostrando o significado de Jesus ser Sumo Sacerdote segundo a Ordem de Melquizedeque. Acabamos no Cordeiro imolado antes da fundação do mundo. E, aí, cantamos Imagine outra vez... Então convidei quem tinha entendido o Evangelho naquela noite, e que desejava manifestar por meio da confissão pública e simples aquela decisão, para virem até a frente. Muitos e muitos vieram na hora; alguns chorando. Lennon jamais pensou que Imagine poderia, de fato, levar o individuo à Nova Jerusalém. Porém, explicada a partir do Cordeiro e da Luz eterna, a letra ficou clara para muitos; e como a mensagem era Cristo e sua conquista absoluta; sendo digno de realizar o que prometera; e, portanto, sendo Aquele que desata os selos da história; pois é digno (Apc 5)—o Espírito de Deus trouxe convicção de fé e esperança ao coração de muitos. O fato é que ao final eu ouvi toda sorte de testemunhos; de curas físicas até libertações de depressões antigas. Mas as mais lindas declarações vieram daqueles que disseram que encontram uma intensa alegria na herança que já têm em Cristo garantida para eles em glória. Paulo disse: Imagine! Pense nas coisas lá do alto, não nas que são aqui de baixo! Nele, em Quem todo Imagine é pobre; pois, o que olhos não viram; ouvidos não ouviram; e jamais subiu ao coração de poeta ou profeta algum, é isto mesmo que Ele tem preparado para aqueles que o amam; o que, em parte, já nos foi revelado pelo Espírito, Caio

***

O pr. Caio Fábio surpreende, e cada vez mais. Não tiro a beleza aparente da letra de John Lennon, mas me pergunto acerca das condições em que essa música foi produzida, para que fins sempre foi usada e o que representa socialmente. As músicas, as canções, os filmes, a moda e a arte, de modo geral, têm uma representação social e espiritual. Não se trata só de uma representação exclusivamente literal, mas também de uma construção ideológica, inserida numa história, num contexto, e de uma configuração espiritual, um "a quem e para que serve" cada obra. Acho que intenções de Caio Fábio talvez tenham sido boas, mas me pergunto se ele é inocente ao ponto de ignorar que "Imagine", de John Lennon, não fala de uma Nova Jerusalém, cidade final para os que perseveram na fé, para a igreja de Cristo sobre a Terra, para aqueles que foram justificados pelo sangue do Cordeiro, que obedecem aos mandamentos de Deus e que guardam a sua Palavra. Talvez a Nova Jerusalém de Lennon esteja mais adaptada a uma filosofia que pregava o sexo livre e mediador da proximidade divina, o consumo ilimitado de drogas, o fim do cristianismo, a rebelião e a desobediência como princípios de vida coletiva, a eliminação de toda autoridade, sobretudo a divina, e a deificação de líderes religiosos anti-cristãos, como o guru dos Beatles, o indiano Maharishi Mahesh Yogi, "que ganhou destaque internacional quando os Beatles -- John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr -- foram visitá-lo no Himalaia em 1968 para aprender suas técnicas de meditação transcendental (...), que consiste em recitar um mantra que ajuda a mente sob pressão a encontrar alívio. (...) De acordo com a organização de meditação transcendental de Maharishi, a mensagem do guru permanece inalterada: "A vida é felicidade. O homem nasceu para desfrutar. Dentro de cada um está uma reserva ilimitada de energia, inteligência e felicidade." (Folha online). Eu não vejo o nome de Cristo ser glorificado nessas coisas. Não vejo o nome de Deus ser dignificado em "Imagine". Tento compreender o que levou Caio Fábio a fazer isso, mas confesso que acho estranho que um pastor, durante o culto, comece a se apropriar de símbolos da chamada Nova Era para justificar o Reino de Deus. Será que a próxima música que Caio Fábio vai usar será "Sociedade Alternativa", de Raul Seixas? Bom, pelo menos Raul Seixas e John Lennon tinham em comum a admiração e a leitura de Aleister Crowley, o bruxo místico anti-cristão. Aliás, "Sociedade Alternativa" se parece muito com "Imagine", em termos de representação de liberdade e anarquia, ou seja, não-governo. A inspiração de Lennon, para escrever e musicar "Imagine", foi Osho, o guru que fazia sexo grupal com seus seguidores e dizia: "Deus não e a solução". Fica a sugestão a Caio Fábio, para, quem sabe, em um próximo culto inspirado cantar "Sociedade Alternativa". Afinal, "faça o que tu queres, pois é tudo da lei"!

Ainda sobre John Lennon, o Blog Alvo Humano diz:

"Tudo em volta dos Beatles cheirava a enganação. O guru dos caras foi o maior picareta da História: Osho Rajneesh, vigarista processado por charlatanismo, perversão e lavagem cerebral, entre 35 acusações, e condenado a 10 anos de prisão. Outro beatlemaníaco famoso era Charles Manson (t.c.p. Jesus Cristo, t.c.p. Satã) o psicopata com a cara mais assustadora do mundo. Inspirado na música dos Beatles “Helter Skelter” o charlatão líder de outra seita de lavagem cerebral assassinou Sharon Tate, esposa de Roman Polanski, que estava grávida, bem como mais uma dúzia de pessoas. Anunciando “a Nova Era”, a Família Manson exterminou definitivamente o movimento hippie. (embora o cadáver continue a feder num certo país subdesenvolvido com fama de ser o esgoto do mundo) O sujeito que cantava o poder do amor abandonou o próprio filho e a 1ª esposa [bem, nesse ponto Caio Fábio pode até ter se identificado com Lennon, não é?]. Traumatizado, Julian Lennon se ressentiu do abandono do pai tão profundamente que para consolá-lo McCartney compôs “Hey Jude”. Enquanto cantava o hino comunista “Imagine um mundo / sem posses” o magnata John Lennon circulava de limusine entre suas 7 mansões – numa cidade infestada de mendigos. Bom esquerdista, Lennon contribuiu para grupos violentos como o IRA e os Panteras Negras. Chegou a ser investigado pelo FBI por isso. Mas o que queimou o filme foi a partilha da grana. Até hoje, o dinheiro da gravadora Apple é disputado na Justiça entre Yoko Ono e os ex-colegas."

Veja só este trecho de um artigo escrito por Amyr Cantusio Jr., um autointitulado "músico, compositor, antroposofista esotérico, psicanalista ambiental e historiador de música formado pela extensão universitária da Unicamp":

"Entre as gravações do álbum branco até o derradeiro Abbey Road, os quatro rapazes de Liverpool já haviam levado muita porrada e já estavam amadurecidos. Partiram então em busca de auto-conhecimento. Isso se refletia de forma clara nas composições e nas letras de Harrison e Lennon. A fase da adolescência e sonhos já havia acabado. Agora buscavam a maturidade espiritual e experimental na música e na vida pessoal. Assim, Lennon e Harrison foram parar na mítica Índia, onde conheceram os gurus Maharishi, Osho e Prabhupada. Muitos alienados preferem não citar ou omitir esses fatos por preconceito religioso ou por pura imbecilidade histórica. Mas os fatos são outros. Saindo dos Beatles devido a incompatibilidade idealística, Lennon fez um trabalho solo criativo, indo às ruas e universidades panfletar contra as guerras, a fome e a alienação humana. Ele foi mais humano do que político. Aliás, Lennon foi grandioso. Vide sua famosa "Vigília da Paz" de 1969, em Montreal, contra a guerra do Vietnã. A música "Instant Karma" (linda, por sinal) foi um hino, onde Lennon tocando piano (acompanhado pelo baterista Alan White, do Yes, entre outros músicos) e Yoko Ono vendada e vestida de preto, recolhiam donativos para fundos assistenciais. Apesar de alguns eventos modernos tentarem resgatar esses valores com músicos como Sting e Peter Gabriel, nada se compara a autenticidade da era Beatles. Tudo é sem alma, virou fachada para mais mediocridade e falta de senso humanitário. Harrison foi iniciado por Swami Prabhupada, fundador do movimento para a consciência de Krishna (Índia), sendo o responsável em unir as culturas orientais às ocidentais. Ainda nos Beatles, com a inserção das cítaras e tablas, ele deu margens à criação dos movimentos psicodélicos/progressivos, além de influenciar milhares de pessoas insatisfeitas com o cristianismo e com a Igreja Católica, em buscar na milenar filosofia indiana, as respostas para seus questionamentos. O máximo da contra cultura pré-fabricada nos anos 60 foi o festival Woodstock, no qual Harrison marcou toda uma geração musical colocando, pela primeira vez no meio do rock, seu mestre de cítara e guru Ravi Shankar, juntamente com um percussionista (de tablas) ao vivo, destruindo numa jam de dar água na boca. Daí em diante, em São Francisco, Califórnia, fomentavam os Templos Hippies com suas cores e roupas exóticas inspiradas na Índia. Nesses centros surgiriam bandas como o Grateful Dead e Creedence, que juntamente com Lennon, faziam a face do rock tremer todas as instituições babacas e pedantes de até então. Lennon – incitado por Harrison a buscar respostas dentro de si mesmo – fundou em Tittenhust Park, em 1969, uma instituição que ficaria conhecida como O Templo, que foi sede para o movimento Hare Krishna. O hino "Give Peace A Chance" de Lennon e "My Sweet Lord", de Harrison, foram a fusão definitiva para que os instrumentos orientais e sua filosofia permeassem no rock. Yes, Pink Floyd, Gong, Zeppelin, entre outros nomes, aderiram à metafísica, ao espiritualismo e a pesquisa de temáticas ligadas ao existencialismo e ocultismo. A importância capital dos Beatles na revolução cultural mundial foi incrível e, talvez, nunca se repita, porém, as pessoas tendem a ignorar o passado devido a massificação da imbecilidade cultural e alienação dos veículos de comunicação. O rock, hoje, como sempre cito, sofre de falta de identidade, clareza intelectual e espiritual. Faltam rumos, gurus, atitudes e posicionamentos radicais contra a destruição global que se alastra impiedosamente. O rock precisa rebuscar a rebeldia sadia e humanitária dos anos 60 como referencial, não imitação. Seguir os passos dos gurus que tanto fizeram para termos até hoje deleite ouvindo os hinos sagrados que empolgaram toda uma geração. Rever os conceitos espirituais, se aprofundar na literatura oriental, ser simples e não se vender ao sistema carcomido. Seria pedir muito? Talvez a verdade doa como uma chicotada, mas não se esqueça que todos, possivelmente, terão futuras famílias neste Planeta. Faça o melhor. Lennon, Harrison, Osho, Prabhupada, durmam em paz!"

E não é só Caio Fábio que usa a música "Imagine" para exemplificar suas convicções. Richard Dawkins diz: "Imagine, junto com John Lennon, um mundo sem religião." Mas Dawkins não se refere somente à religião, citando os fundamentalistas muçulmanos e o Vaticano, mas a Deus: “Não estou atacando nenhuma versão específica de Deus ou deuses. Estou atacando Deus, todos os deuses, toda e qualquer coisa que seja sobrenatural, que já foi e que ainda será inventada.”

O Blog Ministros Labaredas de Fogo deu destaque ao fato, e publicou (clique aqui e leia, na íntegra, a postagem):


"Caio Fábio inaugurou uma "nova era" no "caminho da graça".

Não pense que é pregar de costas para o público, pois isso já tem pregadores fazendo.

Nem pensem que ele colocou um vídeo no telão; ainda não é isso.

A grande atração da noite foi a psicopregação!

Isso mesmo, o espírito guia era mesmo do John Lennon; apesar de ninguém ter visto, nem poderia mesmo! Pelo menos por enquanto!

Depois do Caio pedir a um pastor, ou melhor a três "pastores" que cantassem o mantra hino da New Age (Nova Era), "Imagine" (e eles tocaram e cantaram direitinho), musica dada ao Jonh por deus, o desse século, lógico né! O cara (munhão) baixou mesmo; e só foi embora quando cantaram "Imagine" pela segunda vez no final da pregação!

Vocês acham que eu estou brincando?

Então vejam no Próprio
"caminho da (des)graça""

(...)
***

Gostaria, sinceramente, que alguns blogueiros cristãos, que gostam de ridicularizar os pregadores neopentecostais (não que esses pregadores estejam certos, mas me deixa realmente confusa que só esses sejam alvo de piadas), também fizessem alguma brincadeirinha com este "raça pura" do time dos pregadores brasileiros moderninhos, esquerdistas, cultinhos e cada vez mais confusos. Se antes Caio Fábio ressaltava a cruz e Jesus Cristo, em suas mensagens, hoje põe em relevo o misticismo, as vãs filosofias, a possibilidade de paz e justiça pelas forças humanas e a dispensabilidade de Cristo nesse caminho. Acho a situação muito triste, pois de antigos pastores de ovelhas esses homens (grupo no qual eu incluiria o já falecido Neemias Marien, o Ricardo Gondim e o Edir Macedo) passam a verdadeiros lobos apóstatas da fé cristã.

36 comentários:

Sammis Reachers disse...

No caso particular dos blogs, também acho muito suspeito blogs que só fazem piadas sobre crentes - e sobre um determinado segmento apenas.
Meses, e nos casos clássicos, anos se passam e lá está o cara, o quase-um-homem, o sempre-molecote - para quem a própria linguagem particular dos crentes já causa nojo, garimpando dia e noite tudo que ele possa utilizar contra os 'irmãos'. Ele não tem nada contra a linguagem dos surfistas, dos antropólogos, e nem contra os erros dos mesmos - mas contra os crente pentecostais e neos ele tem tudo. Num mundo colorido, eles só enxergam em preto-e-branco, e vivem num admirável e 'widescreen' mundo sem espelhos.
Se não fosse tão ocupado, ia me didicar a fazer piada destes piadistas, pseudões incubados com tudo o que é Íncubo dentro - mas não tenho o tempo que eles têm para desconstruir...

"LABAREDAS DE FOGO" disse...

BRAVO!... BRAVO!... BRAVO!...

Vejo que verdadeiramente o SENHOR é contigo!

Que Ele continue a te abençoar dando-lhe aínda, mais capacidade, para de forma bem certeira, como fez, alcançar os verdadeiros propósitos do Reino.

Daladier Lima disse...

Infelizmente, o Pr. Caio entre outros têem feito tais adaptações. Mas não deixei de notar o background do texto. Afinal sua cruzada é contra as igrejas institucionalizadas, é isso que se encontra em vários dos seus livros. Mas, não se animem, ele, Caio, também fundou uma, que chama de Caminho da Graça. Apenas uma nova versão para um antigo mal necessário.

Abraços!

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezada Mayalu,
Graça e Paz!

Vejamos a que ponto a relativização faz alguem chegar!

Aprendi a apreciar as mensagens e escritos o Caio Fábio nos bons tempos.
Até hoje, aprecio tanto mensagens quantos livros antigos dele, porém, hoje é necessário um filtro e dos bons.
Agora, baseado nas informações do seu post, realmente ele foi longe demais.
Analisando a repercursão e reverberação d que acontece a partir dele no seio da igreja como um todo, a atitude foi no mínimo inconsequente.
Essa é a minha opinão.

Grato pela postagem!
Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Mayalu Moreira Felix disse...

Querido Sammis,

Você foi exatamente no "x" da questão... esses blogueiros são muito críticos em relação aos pentecostais ou neopentecostais, mas calam a boca em relação a qualquer outro desvio de cristãos, inclusive em relação à idolatria católica. Como eu digo, são blogs que não têm "pimenta", mas enxofre...

Obrigada por seu comentário, um abraço.

Maya

Mayalu Moreira Felix disse...

Labaredas de Fogo,

Olá! Obrigada por seu comentário, estamos juntos na fé.

um abraço,

Maya

Mayalu Moreira Felix disse...

Prezado Daladier,

Pois é, Caio Fábio fundou uma igreja pra chamar de sua! E aí, como ficamos? rsrsrs A farsa me parece tão evidente que chega a ser engraçada.

Um abraço,

Maya

Mayalu Moreira Felix disse...

Pr. Carlos Roberto,

Obrigada por sua postagem, concordo plenamente com a sua opinião. Venha sempre por aqui!

Um abraço,


Maya

João Paulo Mendes disse...

Paz do Senhor cara Mayalu,

Eu não era cristão quando o Cáio estava em alta, na década de 90, ainda que fosse minha pouca idade não me faria um apreciador de suas mensagens e livros, mas após crescer passei a ouvir muita coisa dele e como me espantei com as boas mensagens do antigo Cáio, que lindas! Ouvi muitas, ainda tenho muitas no computador, realmente são belas.

Mas não é que numa dessas mensagens, não tão antigas, há uns meses me deparei com essa que você citou, que decepção, o pior é que em um evento que fui em uma cidade vizinha um líder de uma igreja com alguns liderados disse ter feito a mesma coisa que o Cáio, e com a mesma "Imagine" olha só, já tem até imitadores.

Triste isso, será que a Bíblia não nos basta, será que Cristo não nos basta?

Mayalu Moreira Felix disse...

Olá, João Paulo!

Obrigada por sua visita! Pois é, amigo, veja só que "a unção de John Lennon" já está fazendo escola... Infelizmente! Caio Fábio ainda nada na popularidade que adquiriu quando ainda era um pastor que seguia a Bíblia, e se aproveita disso para trazer a "new age" para os desavisados. Vamos orar por ele, né?

Um abraço, venha sempre.

Maya

Anônimo disse...

CAIO FÁBIO?
Quanta perda de tempo, analisando o que Caio Fábio diz!

Heber Dias disse...

Cara Maya...

Parabéns pelo Blog... Excelente !

Agradeço pela sua visita ao meu também e, claro, podemos ser parceiros com certeza.

Quanto ao Caio Fábio, acompanho o trabalho dele a muito tempo. Trata-se de uma das mentes mais brilhantes que já tive oportunidade de conhecer. O problema, me parece, é que ele não soube aceitar e administrar, a exemplo de Paulo (mente brilhante também), seu espinho na carne. Deve ser por isso que, ao contrário de alcançar o terceiro céu, está viajando por dimensões menos nobres. Quem sabe não faz um tour pelo terceiro sheol . Terá subsídio para mais uns 30 livros do quilate de Nephilin.

Ser Paulo em nossos dias é coisa para Watchman Nee e não para Caio Fábio. Falta-lhe amadurecimento para deixar as coisas de criança. Ressentimentos imcompatíveis com a figura que ele chegou a representar no meio cristão, e até mesmo com o que restou de seu ministério.

Já fui muito abençoado com o que ele produziu, mas, essa última foi de assustar. Até a Teologia da Ultra-Graça deve ter algum limite. A imutabilidade de Deus é uma realidade incontestável. Existem coisas que Ele "abomina"... Não creio que Deus tenha mudado de opinião.

Vamos continuar observando para ver no que vai dar. Mas acho que já sabemos o fim deste "CAMINHO"...

Que Deus tenha misericórdia de todos nós!

Pr. Heber Dias

Em Tempo: confiram a lista do Pr SAAD e apreveitem para ver o resto do material deste site

http://www.cpr.org.br/fato63.htm

Mayalu Moreira Felix disse...

Anônimo,

Devemos analisar todas as coisas, reter o que é bom...

:)

Abraço,

Maya

Leonardo Macambira disse...

Amada irmã maya
Que alegria receber sua visita em meu blog, pois admiro a certo tempo a forma de blogar da irmã e a maneira como o Senhor tem a usado.
Obrigado por divulgar também o MARCAS DE CRISTO, pois ainda estou começando e incentivos assim como o seu são muito importantes para o nosso avanço.
Que o Deus da Paz te abençoe em todos os seus caminhos !
Abraços

"LABAREDAS DE FOGO" disse...

"...mas este é o espírito do anticristo, do qual já ouvistes que há de vir, e eis que está já no mundo." (1Joao 4.3b)

"sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as saídas da vida." (Provérbios 4.23)

Leonardo Gonçalves disse...

Olá Maya,

Como a sua postagem diz respeito apenas aos "blogueiros cristãos, que gostam de ridicularizar os pregadores neopentecostais", vou passar batido, rs... Não tenho nenhum prazer em ridicularizar, apenas defendo o evangelho.

Quanto à música IMAGINE cantada pelo Caio, só uma palavra: Lamentável. A sugestão da música Sociedade Alternativa com aquele mantra de fundo parece bem interessante. Aliás, acho bom não dar idéia, vai que ele aceita a dica?

Não é segredo para ninguém que eu tenho um grande respeito pelo Caio, pelos excelentes artigos e livros que ele escreveu, mas isso não me impede de reconhecer quando ele se excede e pousa de garoto propaganda da New Age.

De tudo isso, fica a antiga lição: "aquele que está de pé, cuide para que não caia" (Denovo!).

Abraço fraterno, e parabéns pelo blog.

Leonardo.

Mayalu Moreira Felix disse...

Caro irmão do blog "Labaredas",

Obrigada por mais uma postagem aqui. Qual seria seu nome, aliás? Obrigada, também, por esses dois maravilhosos versículos. São a mais pura verdade! E os tempos só tendem a piorar, o que me deixa mais alarmada. Se as coisas estão ruins agora, imagine daqui a alguns anos. Espero que Ele volte logo.

Um abraço, gosto muito de suas postagens.

Maya

Mayalu Moreira Felix disse...

Querido Leonardo,

Não, não foi necessariamente para vc que eu escrevi o último parágrafo, mas, se vc se sentiu incomodado, que bom! Vamos avaliar as coisas... Nossos blogs devem estar acima de denominações, quando o que está em jogo é seguir a Palavra de Deus e denunciar abusos. Aqui eu critico os pentecostais, os tradiconais, os neo-pentecostais... Não é isso o que importa, importa a obediência, uma vida irrepreensível, ser realmente luz e sal, o que ultimamente, para muitos pastores no Brasil, é mais difícil que achar uma agulha num palheiro.

Um abraço, obrigada por sua postagem, venha sempre aqui.

Maya


:)

Leonardo Gonçalves disse...

Oi Maya,


Sempre venho por aqui, apesar de comentar pouco. Não se preocupe por mim, não me senti incomodado. Também não entendi o seu prazer com o "suposto" incômodo, mas deixa pra lá. Certas coisas é melhor a gente não entender mesmo.

Abração procê.

Leonardo.

Mayalu Moreira Felix disse...

Leonardo,

Se vc se incomoda com algo, é porque esse "algo" fez vc pensar. O meu "incomodado" é, na verdade, "interpelado", "tocado". A palavra "incomodado" tem acepções positivas, também. Acho bom que vc reflita sobre a maneira como tem blogado, e se eu ajudei nisso, ótimo. Penso que nosso pensamento primeiro, como blogueiros cristãos, deve ser: "isso vai edificar?" Ou, pelo menos: "Isso não vai atrapalhar mais ainda?"

Entendeu, agora?

:)

REV. PAULO SERGIO DA SILVA disse...

Oi Mayalu, graça e paz! É... Infelizmente o Caio parece que está cada vez mais perdidão nesse mundo de filosofias misturado com teologia que se transformou a mente e o coração dele (a boca fala do que está cheio o coração). Quem o viu e quem o vê... Gostaria de publicar este post no meu blog, vc autoriza??? God Bless!!!

Mayalu Moreira Felix disse...

Olá, Pastor!

Que bom, tê-lo aqui! É verdade, se ouvimos o Caio de ontem e o de hoje, parecem duas pessoas diferentes. Até o semblante, o entusiasmo na voz... Vamos orar por ele e por nós, povo de Deus no Brasil, porque Caio Fábio não é o único. Nossos líderes, de todas as denominações, têm dado mau testemunho em todas as áreas, seja financeira, seja teológica, seja pessoal/sexual.

É claro que autorizo a republicação do post, pastor, sinta-se à vontade. Só peço que o sr. cite a fonte, com o link, por favor.

Um abraço, seja sempre bem-vindo por aqui!

Maya

:)

Mayalu Moreira Felix disse...

Prezado Leonardo,

Eu é quem agradeço por sua postagem e sua visita! Obrigada! Deus o abençoe, é um prazer divulgar seu blog.

Vamos continuar, sim, sempre pra frente, mirando Nosso Senhor e Salvador. Ele é maravilhoso, não é como nenhum de nós. Quando damos glórias a pastores sempre quebramos a cara. Nenhum pastor, melhor que seja, merece. Podemos admirar seus livros, sua conduta, suas pregações, mas todos eles (e nós) são pó (sei que você não falou nada disso, mas me veio à mente... vai entender...)!

Um abraço,

Maya

Mayalu Moreira Felix disse...

Prezado Heber,

Obrigada pelos elogios! Seu blog já está entre os meus lidos, fui lá e gostei! :)

Bom, não li Nephilim, não tenho acompanhado o site do Caio Fábio, só de vez em quando, por alguns blogs, como agora, leio algo que ele escreve. Saudades daquele jovem pastor que pregava a Palavra. Vc vê, o inimigo é astuto, foi lá e fez o cara cair, e depois deu a ele muito orgulho, fez o cara fundar uma igreja, deu seguidores, etc. Mas, e aí? Ontem comprei uma revista Eclésia, raridade achar. Nossa, quantos escândalos! De toda ordem. Isso me desanima, pq eu vejo que a riqueza e o poder vencem quase sempre, poucos homens de Deus permanecem fiéis. Acho que o Watchman Nee foi um deles, mas é verdade que, de fato, só Deus sabe.

No mais, não tenho como comparar Caio Fábio e Watchman Nee, sobretudo pq os escritos do segundo sempre, em todo tempo, me pareceram muito mais profundos que os do primeiro, apesar de Caio já ter escrito e pregado coisas muito boas. A gente compara Caio e Gondim, Caio e Malafaia, mas não Caio e Watchman Nee!

Meu amigo, um abraço, venha sempre aqui.

Maya

:)

"LABAREDAS DE FOGO" disse...

Maya

Criei o blog Ministros Labaredas de Fogo com a intenção de provocar um debate que viesse a desfazer a confusão entre Pentecostal e Neopentecostal e outros... o perfil escolhido faz parte de uma provocação aos anti-pentecostais e o resultado tem superado minhas expectativas.

Grandes anti-petencostais tem tido seu lado oculto revelado. Se eu colocasse o meu perfil não iria dar esses resultados, pois eles sempre querem atacar a pessoa e não o mérito da questão. É só dar uma olhada no histórico do “bola de fogo”, apelido que o Labaredas ganhou, que você entenderá.

Há tempo para tudo, assim chegará o tempo de nos conhecermos com minha identidade. E creio que com você esse tempo será breve!

Minha oração ao Senhor era para que Ele me conduzisse aos irmãos certos. A nossa curta relação demonstra que foi “pelo Senhor” que ela tem sido estabelecida.

Toda honra e toda glória, pertencem ao Senhor! Continue com Ele!


obs:
eu tenho lido novamente alguns livros do Caio que ficaram em minhas prateleiras e não temho achado tantas coisas boas como antes. Por imaturidade, não reconhecia o Socialismo da Teologia da Libertação presente e nem o puro socialismo explícito; com citações favoráveis de Fidel á Igreja Primitiva e de Che Guevara
como exemplo a ser seguido. será que o Caio erá mesmo como o líamos?

Mayalu Moreira Felix disse...

Prezado irmão (ou irmã?) do blog "Labaredas",

Sim, eu entendi o seu objetivo. Você é livre para revelar ou não a sua identidade. Entendo que existe uma confusão muito grande na cabecinha laureada de alguns irmãos, que crêem estar servindo mais ao Senhor atacando crentes pentecostais - que podem estar errados, mas para eles não há misericórdia - com piadas que discutindo seriamente, quem sabe, as heresias de medalhões como Caio Fábio, ou o socialismo claudicante e petista-lulista do MEP, fundado pelo bispo Robinson Cavalcanti. Não vou eu começar a atacar obtusamente os irmãos aos quais o Sammis, no começo desses comentários, se refere com tanta propriedade, pois eles também são filhos de Deus, mas tenho evitado ler essas piadas, tendo em vista que a maioria delas não me edifica.

Quanto ao Caio Fábio, vejo que para um momento específico de minha vida seus livros e predicações foram importantes, mas hoje não são mais. É como diz a Bíblia: os "alimentos" espirituais vão mudando, de acordo com nosso crescimento e maturidade em Cristo.

Um abraço, que Deus o (a?) abençoe!

Maya

:)

"LABAREDAS DE FOGO" disse...

sou um irmão!

REV. PAULO SERGIO DA SILVA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mayalu Moreira Felix disse...

Irmão do blog "Labaredas", obrigada! Sinta-se à vontade nesta "casa" virtual!

:)

Rev. Paulo Sérgio,

Não saberia responder com exatidão à sua pergunta, mas creio que é isso mesmo. Pergunte-me qualquer coisa sobre arte, ciência, história, geografia, língua portuguesa etc., mas sobre informática... rs

Um abraço, boa sorte! Avise-me, quando tiver as respostas!

Maya

:)

REV. PAULO SERGIO DA SILVA disse...

JÁ ADICIONEI O SEU BLOG NA MINHA LISTA... AGORA QTO AO BANNER EU TB NÃO MANJO (RSSSS).

Juber Donizete Gonçalves disse...

Maya,

Gosto do Caio, apesar de também ter achado que ao usar a música do Lennon ele nadou na maionese. Agora colocar o Caio e Gondim no mesmo grupo eu até concordo, mas junto com Macedo, Marien, aí já descordo.

Abraço.

Mayalu Moreira Felix disse...

Prezado juber,

Acho que não é só esse fato, tomado isoladamente, mas o conjunto de fatos que têm feito com que o Caio Fábio me pareça, mais e mais, estranho. E penso que a tendência é que haja outros acontecimentos semelhantes, infelizmente. Entendo sua opinião, mas Caio, Gondim, Marien e Macedo, de diferentes formas, e sob diferentes aspectos, apostatam, e o fazem com consequências largas, tendo em vista o alcance de suas palavras e atos.

Um abraço, Juber, venha sempre por aqui.

Maya

REV. PAULO SERGIO DA SILVA disse...

BOM DIA MINHA IRMÃ.
OBRIGADO POR ADD MEU HUMILDE BLOG À SUA LISTA (RSSS). DEUS ABENÇOE E UM ÓTIMO FIM DE SEMANA (A TI E À TODOS BLOGUEIROS).

Mayalu Moreira Felix disse...

Caro Rev. Paulo Sérgio,

Olá! De nada, é uma alegria divulgar blogs como os seus!

Obrigada por sua visita e bom fim-de-semana pra você e sua família, também!

Maya

:)

Edvaldo dos Reis disse...

A análise, segundo a minha visão, é patética. A letra dessa música é linda, e nos fala de paz, amor... Infelizmente o condicionamento e a alienação muitas vezes não nos permitem enxergar sobre esse ponto de vista, afinal, cada um com sua gestalt. Não estou lhe ofendendo, muito menos insultando, creio em Deus, na vinda de Cristo e em muita coisa, mas reafirmo: a análise é patética. Deus nos dá inúmeras ferramentas para trabalharmos em prol do resgate de vidas, em prol da salvação, e essa música, em minha leiga opinião, é uma delas.
Edvaldo dos Reis

Trindade disse...

É difícil entender Caio Fábio. Ele acerta com na sua argumentação contra alguns líderes evangélicos gananciosos que deturpam a palavra de Deus, entretanto demonstra falta de capacidade de submissão a CRISTO tentando, há muito tempo, justificar a sua idolatria a JOHN LENNON.
Os verdadeiros Cristãos tem a sua vida pautada pela renuncia. Se CAIO FÁBIO não consegue abrir mão de uma coisa tão fútil, é óbvio que ele não serve pra ser um Cristão genuíno.
IMAGINE sem dúvida é muito sedutora e sua mensagem é muito sutil, mas alguém com o mínimo de discernimento é capaz de entender que ela fala de um mundo que será governado pelo anticristo, no qual não haverá nações. A paz descrita nessa canção é falsa e momentânea, pois será conquistada no momento em que a humanidade estiver totalmente afastada de Deus.
A PAZ VERDADEIRA procede de JESUS CRISTO e não de conceitos humanistas, por isso o Senhor afirmou:

Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá...(João 14:27)

Marcadores

Comportamento (719) Mídia (678) Web (660) Imagem (642) Brasil (610) Política (501) Reflexão (465) Fotografia (414) Definições (366) Ninguém Merece (362) Polêmica (346) Humor (343) link (324) Literatura (289) Cristianismo (283) Maya (283) Sublime (281) Internacional (276) Blog (253) Religião (214) Estupidez (213) Português (213) Sociedade (197) Arte (196) La vérité est ailleurs (191) Mundo Gospel (181) Pseudodemocracia (177) Língua (176) Imbecilidade (175) Artigo (172) Cotidiano (165) Educação (159) Universidade (157) Opinião (154) Poesia (146) Vídeo (144) Crime (136) Maranhão (124) Livro (123) Vida (121) Ideologia (117) Serviço (117) Ex-piritual (114) Cultura (108) Confessionário (104) Capitalismo (103) (in)Utilidade pública (101) Frases (100) Música (96) História (93) Crianças (88) Amor (84) Lingüística (82) Nojento (82) Justiça (80) Mulher (77) Blábláblá (73) Contentamento (73) Ciência (72) Memória (71) Francês (68) Terça parte (68) Izquerda (66) Eventos (63) Inglês (61) Reportagem (55) Prosa (54) Calendário (51) Geléia Geral (51) Idéias (51) Letras (51) Palavra (50) Leitura (49) Lugares (46) Orkut (46) BsB (44) Pessoas (43) Filosofia (42) Amizade (37) Aula (37) Homens (36) Ecologia (35) Espanhol (35) Cinema (33) Quarta internacional (32) Mudernidade (31) Gospel (30) Semiótica e Semiologia (30) Uema (30) Censura (29) Dies Dominicus (27) Miséria (27) Metalinguagem (26) TV (26) Quadrinhos (25) Sexo (25) Silêncio (24) Tradução (24) Cesta Santa (23) Gente (22) Saúde (22) Viagens (22) Nossa Linda Juventude (21) Saudade (21) Psicologia (18) Superação (18) Palestra (17) Crônica (16) Gracinha (15) Bizarro (14) Casamento (14) Psicanálise (13) Santa Casa de Misericórdia Franciscana (13) Carta (12) Italiano (12) Micos (12) Socialismo (11) Comunismo (10) Maternidade (10) Lêndias da Internet (9) Mimesis (9) Receita (9) Q.I. (8) Retrô (8) Teatro (7) Dããã... (6) Flamengo (6) Internacional Memória (6) Alemão (5) Latim (5) Líbano (5) Tecnologia (5) Caninos (4) Chocolate (4) Eqüinos (3) Reaça (3) Solidão (3) TPM (2) Pregui (1)

Arquivo